CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

sábado, 12 de março de 2011

POEMA








Solidão
Oh solidão, que te apoderaste do meu ser,
Que a toda a hora me acompanhas.
É também teu o meu sofrer,
É em minhas lágrimas que te banhas.
Agora dia e noite não estou só,
Prometes estar comigo até ao fim,
Talvez por pena ou por dó,
Preenches o vazio que há em mim.
E à noite, como que em segredo,
Deitas-te na cama a meu lado,
Junto de ti adormeço sem medo,
E agradeço por te teres aproximado.
Se não fosses tu, amiga solidão,
Quem teria eu comigo agora?
Todos me abandonaram sem sequer,
Meditarem porquê que meu coração chora.
Minha amiga, a quem eu já,
Trato por tu, por tão bem conhecer.
És a única que me escoltas
Neste turbilhão do meu sofrer.

Poema de Vera Silva

2 comentários:

Pedrasnuas disse...

A solidão é tramada para alguns...solidão significa não saber estar só...não se dar bem a sós...não se encarar...e há quem sofra imenso por isso...até que ponto permitimos que os outros se aproximem de nós?ou nos aproximamos dos outros?

Cumprimentos

São disse...

A solidão é uma boa companhia.

Mil vezes estar só do que em má companhia.

O meu abraço aconchegante.