CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

quinta-feira, 21 de agosto de 2008

SEGURANÇA

Carissimos amigos e visitantes deste espaço, depois de um periodo de paragem ,para férias e para repor as ideias no lugar , volto de novo ao vosso convivio, esperando que continuem a prestigiar este espaço com, as vossas sempre desejáveis visitas .

Não querendo de maneira nehuma ser alarmista, todos temos a noção, que Portugal deixou á muito de ser um país de brandos custumes ! por muito que o Sr. Ministro da Admnistração Interna ,nos tente vender o contrário , exemplos não faltam para se chegar a esta conclusão, basta ler os vários orgãos de comunicação social , aumenta o nº de delinquentes , o nº de crimes, o nº de furtos , a criminalidade violenta e como vimos recentemente os criminosos agem de forma cada vêz mais profissional, enquanto isso o nº de esquadras diminui , as patrulhas de próximidade são cada vêz menos ( a não ser que haja sarrabulho a sério ) os Policias ,vêm constantemente a sua autoridade posta em causa , com péssimas condições de trabalho e uma tremenda falta de treino e formação no dia a dia . ( Quantas vezes, vai um policia por ano a uma carreira de tiro por exemplo ? ) , um sistema judicial extramamente benevolente para quem preverica .Torna-se claro, que se hà uma área onde é necessário um forte investimento, é na segurança . Nunca o sentimento de insegurança esteve com niveis tão altos como actualmente , por isso compete ao governo dotar as forças de segurança com todos os meios necessários para o cumprimento desta missão , o que me paraece não tem de todo acontecido.Não deve o governo se agarrar a uma bem sucedida operação policial, para transmitir uma imagem de que está tudo sob controlo, porque todos sabemos que não está. São necessárias mais esquadras , mais efectivos e com formação adquada a todos os niveis , aumento das patrulhas nocturnas e nos bairros problemáticos e de uma vêz por todas acabar com os guetos sociais que por ai proliferam.

JOY

16 comentários:

Chinha disse...

Sim..........Isto está mesmo a ficar feio. Basta ver os telejornais.A criminalidade a aumentar de que maneira.
É triste

Obrigada pela visita

bjinhos

António de Almeida disse...

-É necessário aumentar a segurança, mas o caminho passa também pelo C.P. e C.P.P., agravando penas de prisão efectivas, e agilizando processos. Uma parte é vontade política.

Jo disse...

Já tinha saudades tuas!
Bem vindo, beijo grande.

Tiago R Cardoso disse...

Concordo com um maior investimento na segurança, na justiça e na transmissão à população o sentimento de segurança.

No entanto também não acho que as coisas andem tão mal como são pintadas, existe neste momento demasiado alarmismo, demasiado ruído de fundo, ruído que impede as nossas forças de segurança de actuarem em conformidade e dentro da lei, pois sabem que tudo o que fazem é passado no crivo da comunicação social, que diga-se gosta é de sangue.

Um abraço,
Tiago.

São disse...

Também já falei sobre o assunto.
Fico contente com o teu regresso.
Que a tua semana seja feliz, meu caro Joy.

Miguel Ângelo disse...

A criminalidade aumenta é certo, mas como haveremos de dar cabo dela? Este país está a ficar o que não era, penso eu. Um grande abraço e a propósito: se nas próximas férias vieres à MAdeira diz qualquer coisa. Avisa!
Um grande abraço
Miguel Ângelo

Carol disse...

A criminalidade aumenta, tal como o ministro assumiu na SIC, mas a culpa não é só deste governo. Os problemas que enumeras não nasceram com esta legislatura, já vêm de trás!
Como é evidente, a tendência do desenvolvimento é o aumento da criminalidade violenta (visível nas grandes potências) e isso era fácil de prever. O problema é que houve muito quem não o quisesse ver...

De férias (ainda) no Poetizr, mas em serviço no Cont(R)a Corrente ( http://nestepais.blogspot.com/ ).

SILÊNCIO CULPADO disse...

Joy
Apesar dos crimes alimentarem o gosto circense e serem empolados na justiça, a verdade é que a criminalidade violenta tem vindo a aumentar. Porém entendo que não é apenas reforçando a qualidade e quantidade das forças de segurança que o problema se resolve.
Há que actuar sobre as causas e isso há quem prefira não fazer. É que actuar sobre as causas poria a descoberto muita injustiça e muita sujeira que se pretende encobrir.
Abraço

NuNo_R disse...

Boas...

Quanto ao tema do post "Segurança", apenas posso perguntar ( não a ti directamente e o perceberás...):
Aonde ela anda...?


abr...prof...

Cati disse...

Como foram as férias? Boas? :D

Isto está a ficar muito negro... é preciso pensar em soluções, mais do que tentar arranjar culpados.

Um beijinho grande*

Zé do Cão disse...

Joy. Acaso não estás a ser alarmista.
Pois se o Sr. Ministro até vai mandar fazer um inquérito para saber a razão porque os portugueses se sentem inseguros, é porque não sou não tem aumentado com a sua tendência é para descer.
Neste momento digo assim.
Que saudades tenho de não estar na Corunha, nos Jardins públicos da Praia de Santa Cristina, onde se pode passear à noite às 3 da manhã, completamente livre de qualquer perigo.
Um abraço

São disse...

Só venho desejar boa semana. Um beijo.

Blondewithaphd disse...

Pois é, a malta vai de férias para esquecer, mas depois regressa e o país continua na mesma!

Welcome back!

Jo disse...

Onde andas?

Carla disse...

estive de férias e confesso que nesta altura procura esquecer um pouco o que se passa no nosso país...mas a verdade é que sempre que ligava a RTP Internacional (coitados dos nossos emigrantes...tão pobre é este canal no conteúdo daquilo que transmite) no horário do noticiário invariavelmente se falava em assaltos, mortes, roubos...enfim tudo aquilo que torna Portugal num lugar pouco seguro para se viver, ao contrário do que afirmam certos políticos.
Gostei imenso do teu texto
ah...já agora bom regresso ao Porto
beijos e ainda bem que voltaste em força

SILÊNCIO CULPADO disse...

Joy
Passo e deixo um abraço (seguro).