CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

domingo, 25 de novembro de 2007

MONOPÒLIOS


Aqui está mais um exemplo de quanto os monopólios podem ser prejudiciais ao desenvolvimento das empresas e por arrasto á economia, Michael O´Leary presidente da Ryanair,para quem não sabe uma das maiores empresas de aviação low cost ,criticou duramente a ANA quanto á forma como gere o aeroporto Sá Carneiro.Numa conferência realizada no Porto O´Leary disse estar a Ryanair interessada em instalar uma base no aeroporto Sá Carneiro ,tendo á algum tempo iniciado negociações com a ANA para a concretização da mesma,o lamento da Companhia aérea é a forma como a ANA tem tratado o negócio, descorando a importãcia da concretização do mesmo , como se o volume de negócios que uma base da Ryanair traria para o Porto, (mais 2milhões de passageiros ano,mais turistas,Mais receitas para o aeroporto graças á exploração de novas rotas,maior desenvolvimento da zona norte) fosse igual a qualquer outra companhia ,querendo cobrar 2 a 4 vezes mais do que cobram aeroportos de igual e até alguns de maior importãncia na europa, que veriam com muitos bons olhos este investimento.Quando o governo apela ao investimento externo não deixa de ser estranho que uma empresa de capitais públicos e monopolista tutelada pelo poder central crie todas as dificuldades para que este investimento se realize,deitando para trás das costas todas as vantagens que dai podem resultar . Não restam dúvidas que se a ANA não fosse uma empresa pública faria de tudo para captar este investimento antes dos concorrentes,para rentabilizar um aeroporto que está subutilizado, è lamentavel que a ANA esteja mais preocupada com os interesses estratégicos da Tap e com o futuro aeroporto de Lisboa do que com os seus próprios lucros ou desenvolvimento das regiões que esses aeroportos servem , refletindo uma visão centralista do pais. Será que a ANA não consegue perceber que a sã concorrência trás beneficios a todos os agentes económicos locais porque estimula a creatividade e a inovação ? Achando-se os melhores executores do interesse geral preferem manter o quintalzinho não deixando que se transforme numa quinta .È uma empresa pública concerteza.
25-11-2007
JOY

5 comentários:

R@Ser disse...

Olá meu querido amigo..desculpe por eu ainda não ter colocado o premio no meu blogger...mas é que não selecionei ainda as pessoas ..prometo fazer isso opara a semana.

Deixote bjos doces e bom domingo.

JOY disse...

R@ser,

Amiga ,não há problema .

Beijo para ti
JOY

António de Almeida disse...

-É por estas razões, que a concorrência, o liberalismo económico, o livre funcionamento das economias, conseguem obter melhores resultados, do que as economias planificadas. Quando tomamos uma decisão, boa ou má, ela vai afectar os nossos bolsos, tenderemos sempre a precavermo-nos, mais do que agir por convicções, por muito puras e legítimas que possam ser, se a factura depois for paga por terceiros.

quintarantino disse...

O que foi giro foi ver um cavalheiro qualquer da ANA a justificar o injustificável dizendo que "a ANA também sabia fazer contas"...

JOY disse...

(António ): EStou de acordo contigo.

(Quint):Será que sabem ?

Um abraço

Joy