CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

quarta-feira, 28 de novembro de 2007

ALTERAÇÔES CLIMATÈRICAS

Vai-se realizar daqui por uma semana a reunião que juntará em Bali mais de 200 paises para traçar um novo rgime climático pós Quioto , o relatório intitulado "Combater as Alterações Climáticas: solidariedade humana num mundo dividido"alerta para a urgência deste combate e os impactos que dai poderão advir. Segundo o relatório elaborado pelo PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento ) expõe uma realidade crua e injusta uma vez que são aqueles que menos poluem que mais vão sofrer com os efeitos drásticos da poluição. Segundo os numeros deste relatório cerca de 1,8 mil milhões de pessoas ficaram sujeitas á escassez de água nos paises menos desenvolvidos, 400 milhões de pessoas mais expostas ao risco da malária ,600 milhões de pessoas afectadas pela subnutrição , pois dependem das colheitas agricolas, 332 milhões de pessoas deslocadas devido a cheias e tempestades, são numeros preocupantes que obrigam a tomar decisões drásticas e urgentes, è necessário reduzir as emissões de CO2 em 50% até 2050 e reduzir para 1500 mil milhões de toneladas as emissões de CO2 produzidas num ano. Em África o drama é duplo uma vez que vivem em zonas ambientalmente mais sensiveis e os que menos capacidade têm para se defender, logo são os pobres cidadãos sem responsabilidade pela divida ecológica que estamos a acumular que enfrentam os custos humanos mais graves. Infelizmente continuamos a ver paises como EUA,Brasil,India ,China ,Egipto, e toda a América do Sul a aumentar de uma forma preocupante as emissões de CO2 prejudicando de uma forma consciente a concretização do objectivo de redução das emissões. Inclusive os Estados Unidos que já era o pais que mais emissões de gazes produzia aumentou em 14 anos 5% as quantidades emitidas ,mantendo uma postura relutante quanto a assinatura de qualquer tratado que implique a redução das suas quotas de emissão que implicaria a curto prazo efeitos negativos na sua economia dai que empresas como a petrolifera Esso/Exxon Mobil invistam milhares de dolares a desmontar a ideia de que as alterações climatéricas têm como causa o aumento das emissões de CO2 para a atmosfera numa atitude deplorável e completamente irresponsável .
Seria desejável que esta reunião resulta-se numa alteração significativa de comportamentos dos paises que mais poluem mas um passado recente obriganos a não ter grandes expectativas . Oxalá me engane.

28-11-2007

JOY

13 comentários:

SILÊNCIO CULPADO disse...

É muita importante tudo o que aqui dizes para que ninguém adormeça sobre as realidades preocupantes relacionadas com as mudanças climáticas.
O país mais poluidor, os Estados Unidos, não subscreveu o protocolo de Quioto. Será que já está disponível para arripiar caminho?
Hoje tenho um post no Notas Soltas & Ideias Tontas (http://notassoltasideiastontas.blogspot.com) em que fiz um apanhado de dados oficiais sobre os "cancros" que o país padece e que mostram, de forma nua e crua, as realidades com que nos confrontamos.
Se tiveres um pouquito de tempo gostaria de ouvir a tua opinião sobre temas tão gritantes quanto aqueles.
Um abraço sempre

Joana disse...

Realmente é um assunto assustador que parece que ninguem no dia a dia liga!
Beijo grande.

JOY disse...

(Silêncio Culpado):Concerteza que irei.


(Joana):É uma triste realidade


JOY

avelaneiraflorida disse...

Caro Joy,

muito importante esta temática!
"BRIGADOS" por este post!!!!

Tenho conversado muito com os meus "besouros" sobre estas temáticas...porque eles terão de ser "portadores" destas mensagens para o futuro!!!

Bjks

JOY disse...

(Avelaneiraflorida): Os teus Besouros e os meus Budas são a nossa esperança num mundo melhor.


Beijos

JOY

adrianeites disse...

o tratado de kyoto foi uma fachada..

António de Almeida disse...

-Não esquecer que a europa também tem problemas em cumprir as metas que assinou em Quioto. Seria importante que os EUA, aderissem a um novo tratado, mas tal não será possivel até final de 2008, por razões óbvias. Os países em desenvolvimento, China, India e Brasil, invocam o direito de poluir, como forma de atingir o nivel de desenvolvimento da europa e EUA, afirmando que apenas após tal objectivo atingido, o poderão fazer, só que o crescimento que apresentam, tem como base as exportações para os paises desenvolvidos, apesar de dependermos de matérias primas, poderiamos fazer algo, mas teria de ser uma parceria Europa-EUA-Japão-Austrália, caso contrário, na situação presente, é cada um por si, e nada se resolve.

Tiago R Cardoso disse...

também eu acho que os mais importantes poluidores vão continuar a ficar de fora, enfim pode ser que se arrependam um dia.

quintarantino disse...

O meu problema não é apenas que os maiores poluidores arranjem forma de ficar de fora, o meu problema é que todos pagamos!

David disse...

Pelos vistos desenvolvimento e ambiente não são compatíveis... pelo menos na mente de uns quantos. As políticas de desenvolvimento sustentável revelaram-se um enorme fracasso porque pura e simplesmente não têm o retorno imediato que actualmente se exige... Um dia desaparecemos.

JOY disse...

(ANTONIO):Concordo contigo ,acho é que os paises mais poluidores não podem argumentar como factor de desenvolvimento o direito a poluir .


(ADRIANEITES): É um triste facto.

(TIAGO):Ninguém que abdicar de nada e num tempo muito próximo será catastrófico.


(QUINT):É um facto incontestável

(DAVID):Enquanto o mundo estiver rendido unica e exclusivamente á lógica do dinheiro é verdade que vai ser complicado que se mudem as mentalidades.


UM abraço a todos
JOY

7 Pecados Mortais disse...

Esperemos que te enganes, mas acho que te vais enganar, assim como eu próprio me engano. Grande Post. O maior problema do não comprimento destes tratados fundamentais é que o Mundo está a morrer. Se não for no nosso tempo, será nos tempos futuros dos nossos filhos, crianças conhecidas, recém nascidos, etc. É triste só de pensar. Nobre o teu pensamento e estou contigo. Abraços Pecadores.

JOY disse...

(Amigo Pecador):Custa-me mais por serem os nossos filhos que vão sofrer Na pele a irresponsabilidade dos que os antecederam.

Um abraço
JOY